Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Menu

Você tem esperança?

A palavra de ordem, talvez, mais usada, por bispos, pastores, pregadores e conferencistas, no início deste ano, foi Esperança. Mas, o que é ter Esperança? Você tem Esperança?
11/01/2021 14h40

A PESSOA humana é, fundamentalmente, alguém que espera. No entanto, esse esperar deve ser isento de toda passividade, ou falta de espírito de luta, pois a espera passiva, isto é, cruzar os braços, nada mais é do que uma forma disfarçada de “não-esperança”, ou seja, do desespero e de impotência. A pessoa com Esperança sabe viver o presente com o seu olhar voltado para o futuro. A Esperança faz a pessoa caminhar.

TER ESPERANÇA é um modo de ser e de viver. É algo que acompanha todo crescimento afetivo-espiritual de uma pessoa. Não faz sentido esperar pelo que já existe ou pelo que não pode existir. Aqueles, cuja Esperança é fraca, decidem pelo conforto, ou então, pela violência. A Esperança orienta e dá um vigor sempre novo, não deixa a pessoa desanimar, mesmo em meio às maiores tragédias da vida.

A ESPERANÇA, também, procura dar uma resposta aos grandes questionamentos da pessoa humana: de onde viemos? Para onde vamos? Qual é o significado da vida? Como será a vida depois da morte? Sem dúvida, a Esperança, está implantada no coração inquieto de cada criatura humana. Onde há Esperança, há vida, há luta e espírito criativo. Aí a vida floresce, mesmo em meio aos escombros.

NÃO DEIXEMOS que nos roubem a Esperança. Existem muitos males no mundo, mas Deus é mais forte. Podemos mudar essa realidade levando a luz do Evangelho. Se num estádio, numa noite escura, uma pessoa acende uma vela, somente essa, será vista. Mas, se os mais de 70 mil expectadores, acenderem, cada um, uma vela, o estádio ficará iluminado. Façamos com que a nossa vida seja uma luz de Cristo para o mundo”. (Papa Francisco).

A ESPERANÇA cristã é a expectativa dos bens futuros, da vida eterna, da ressurreição definitiva junto a Deus. No dizer de São Paulo: “Os sofrimentos do tempo presente não têm proporção com a glória que deverá revelar-se em nós no futuro” (Rm 8,18). E Jesus, nos disse: “Não se perturbe vosso coração, credes em Deus, crede também em mim... Vou preparar-vos um lugar...Na casa de meu Pai há muitas moradas” (Jo 14, 1-2).



Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Desenvolvido por Tacitus Tecnologia