Menu

Longas filas e tumulto marcam retorno do atendimento ao público nas agências bancárias de Feira

Em frente ao banco Bradesco da Avenida Senhor dos Passos, centro da cidade, as pessoas chegaram antes mesmo do banco abrir. Na fila, muitos idosos aguardando por horas para conseguir atendimento.
25/03/2020 16h22
Foto: Paulo José/Acorda Cidade
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Longas filas e tumulto marcam retorno do atendimento ao público nas agências bancárias de Feira

Acorda Cidade

O retorno do atendimento ao público nos bancos de Feira de Santana, nesta quarta-feira (25), após a greve dos vigilantes, gerou muitas filas e tumulto na porta de algumas agências bancárias. Mesmo com a recomendação de que as pessoas evitem aglomerações, especialmente os idosos, que fazem parte do grupo de risco do coronavírus, muita gente desobedeceu.

Em frente ao banco Bradesco da Avenida Senhor dos Passos, centro da cidade, as pessoas chegaram antes mesmo do banco abrir. Na fila, muitos idosos aguardando por horas para conseguir atendimento.

A aposentada Celita Nunes está completando 67 anos hoje e foi ao banco para sacar o dinheiro da aposentadoria. Ela estava acompanhada da filha Jucileide. “Estou aqui esperando, estou tendo paciência demais. Vamos sair do banco e ir comprar o bolo de aniversário”, disse.

O motorista Valdemir Alves de Oliveira também teve que ter paciência. “Já tem mais de duas horas que estou aqui e têm poucos funcionários para atender todas essas pessoas na fila. Preciso entrar no banco pra resolver uma questão e estou aguardando”.

Elaio de Souza Ribeiro reclamou da lentidão e da falta de uma fila para atender as pessoas com prioridade. “Devia ter uma fila para idosos e não tem. Aqui fora estamos com uma fila única e deveria ter mais velocidade”.

Outra idosa, que não quis se identificar, disse a reportagem do Acorda Cidade que estava em quarentena em casa devido ao coronavírus, porém com o retorno das atividades bancárias, ela precisou sair para sacar o dinheiro da aposentadoria. “Tava em casa esperando acabar a greve dos vigilantes e hoje vim no banco sacar meu dinheiro. Saí hoje só para isso”.

Bancos funcionam em horário reduzido

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que em regime contingenciado, ou seja, com limite de pessoas no interior das agências e apenas com transações essenciais, as agências realizarão atendimento ao público pelo período mínimo das 10h às 14h, enquanto for necessário para atender às necessidades de combate à disseminação do Covid-19, responsável pela atual pandemia. Para atendimento exclusivo para idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências, o atendimento será das 9h às 10h.

As informações são do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Desenvolvido por Tacitus Tecnologia