Menu

Homem aguarda regulação há 10 dias na UPA do Clériston; esposa faz apelo

Ele é deficiente visual e precisa de uma transferência para algum hospital em Salvador para tratar problemas no rim.
16/01/2020 14h34
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Acorda Cidade

Marli dos Santos Souza, moradora do conjunto Viveiros, em Feira de Santana, está com o esposo, Ubirajara Pedreira Santos, 43 anos, internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Estadual, que fica ao lado do Hospital Clériston Andrade, aguardando uma regulação há 10 dias. Ele é deficiente visual e precisa de uma transferência para algum hospital em Salvador para tratar problemas no rim.

Segundo a esposa, Ubirajara sentiu uma dor e foi para a UPA. Os médicos mandaram fazer exames e foi constatado que ele está com um problema sério no rim e tem que fazer diálise. Porém, segundo ela, pra isso, ele tem que dar entrada em um hospital de Salvador, pra fazer o tratamento.

“10 dias se passaram e ele só piora. A médica repete os exames e fala que não melhorou nada, só piora. Eu pergunto as autoridades de Feira de Santana, e agora? Ele contribuiu a vida toda. Cadê o direito dele? O problema é gravíssimo, ele corre risco de morte. Ele é jovem, precisa dessa transferência, mas se não chegar a tempo vai morrer e depois eu vou recorrer a quem? Morto não volta. Espero que as autoridades façam alguma coisa. Estou do lado dele 24 horas, nem saio, não vou em casa, não faço mais nada e precisamos dessa ajuda”, apelou.

As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Desenvolvido por Tacitus Tecnologia