Menu

Jovens usam filtro de cachorro no Instagram para 'trollar' pais e amigos

Se você quiser se juntar à estes meliantes na quadrilha e "brincar" com seus amigos e familiares, é só clicar neste link utilizando o seu celular.
12/10/2019 11h11
Foto: Reprodução/Correio24hs
Foto: Reprodução/Correio24hs

Acorda Cidade

Um filtro que mostra um calmo e inocente cachorro que pode ser repousado em qualquer lugar que sua criatividade permitir. Esta tem sido a 'arma' utilizada por mentes mal intencionadas (ou seriam divertidas?) para disseminar a discórdia nos grupos do "zap", trollando amigos e familiares.

Choveram nos últimos dias relatos nas redes sociais de traquinas, que orgulhosos compartilharam com o mundo as suas travessuras, se gabando de todo o rebuliço que causaram. Arteiros como a tuitera Carolina Farias, que fez seu pai fazer uma confusão no grupo do condomínio após dizer a ele que um cachorro tinha invadido a casa da família. Ela utilizou o filtro no seu Instagram Stories para fazer um clique do 'doguinho de mentira' no lar.

"Fui fazer aquela brincadeira do filtro do cachorro com meu pai e ele já foi querer fazer barraco no grupo do condomínio e e depois sobrou para mim", publicou ela aos risos, exibindo todas as provas do 'crime'.

Se o quiprocó causado Carolina ecoou apenas nos grupos do zap, outro pode acabar com desdobramentos em instâncias superiores. Tudo isso por causa da obra de uma jovem atentada que atende pelo vulgo de Letícia - que fez a mãe, desesperada, compartilhar uma foto com a cidade inteira à procura do dono do cachorro imaginário. Ao perceber a traquinagem da filha, a matriarca teve que se explicar para todos e agora, garante ela, corre risco de ser processada por disseminar fake news.

Se esta trollagem é quase 'criminosa' com quem fica retado, para quem se ilude achando que ganhou um novo membro na família e depois fica com o coração despedaçado ao perceber que era apenas uma ilusão é duplamente pior. Foi o caso do Seu Nelson, que foi traído por seu filho e agora já está com saudade do que ele nem viveu com o doguinho.

Se você quiser se juntar à estes meliantes na quadrilha e "brincar" com seus amigos e familiares, é só clicar neste link utilizando o seu celular.

Fonte: Correio24hs 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Desenvolvido por Tacitus Tecnologia