Menu

PM impede entrada de 15 celulares no presídio de Paulo Afonso

Dentro das embalagens tinham 15 celulares, acessórios de smartphone e uma papel com anotações do tráfico de drogas.
13/06/2018 10h40
Foto: SSP/BA

Acorda Cidade

A Polícia Militar impediu, na noite de quarta-feira (12), a entrada de 15 celulares, no presídio de Paulo Afonso. A guarnição da 2ª CIA do 20° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Paulo Afonso), que atua no serviço de guarda, percebeu o momento em que dois sacos com volumes foram arremessados.

O militar que estava na função de sentinela avistou um homem se aproximando pelo lado de fora da penitenciária. O criminoso então jogou dois volumes em direção ao anexo do Bloco C. Rapidamente a equipe da 2ª CIA foi até o local e apreendeu os pacotes antes dos detentos.

Dentro das embalagens tinham 15 celulares, acessórios de smartphone e uma papel com anotações do tráfico de drogas. Todo o material encontrado foi apresentado ao chefe de plantão e em seguida na Delegacia Territorial. "As equipes da guarda do presídio fiscalizam com rigor a parte interna da estrutura e também a área externa", explicou o comandante do 20° BPM, tenente-coronel Carlos Humberto.

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Desenvolvido por Tacitus Tecnologia