Acorda Cidade - Versão Mobile

Eleitores reclamam da dificuldade em realizar a biometria em Feira de Santana

Segundo internautas, o site estava fora do ar e nunca têm vagas disponíveis. Já no TRE, falta estrutura.
11/09/2017 10h25
Foto: Paulo José / Acorda Cidade

Laiane Cruz

O serviço prestado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Feira de Santana, para realização da biometria, tem gerado uma série de reclamações por parte da população em Feira de Santana. Na manhã desta segunda-feira (11), leitores do site Acorda Cidade enviaram diversas mensagens através do Whatsapp falando sobre a dificuldade em realizar o agendamento online no site do órgão. Segundo internautas, o site estava fora do ar. E outros disseram que nunca encontram vagas disponíveis.

O site já voltou a funcionar, porém as vagas aparecem como esgotadas. 

Por outro lado, eleitores que procuram a sede do TRE em Feira para tentar realizar o serviço através da distribuição de senha reclamam que falta estrutura no local para atender à população. Segundo pessoas ouvidas pelo Acorda Cidade, na manhã de hoje, a população precisa enfrentar longas filas desde a madrugada e o sol quente quando amanhece, sem contar os dias em que ocorrem chuvas e os eleitores não têm onde se abrigar. E uma multidão tem se concentrado no local todos os dias, desde que o serviço foi disponibilizado em Feira.

O pintor Gerson Santos Ferreira chegou cedo nesta segunda-feira para guardar uma senha para a mãe. E o morador do bairro Baraúnas, Vivaldo Oliveira, chegou ao TRE por volta de 6h30, mas só conseguiu pegar a senha 411 para ele e a esposa, a 412. Ele disse que esta foi a primeira vez que tentou fazer a biometria e reclamou da falta de organização das filas.

“Tem que ter organização aqui, um guarda aqui para orientar a gente. Aqui está todo mundo perdido. Roubaram meus documentos e eu tinha que vir, senão eles acabam com a vida da gente”, desabafou.

O eleitor Sérgio Santos da Silva também não teve tanta sorte ao pegar uma senha. Ele chegou às 6h20, dez minutos antes do Vivaldo, mas só conseguiu a 463. E o morador da expansão do Feira IX Claudio de Jesus, que chegou às 5h30, ficou com a senha 324. Mas, situação difícil mesmo foi a da eleitora Mara dos Santos, que decidiu chegar ao TRE por volta de 2h e dormir na fila para tentar ser uma das primeiras.

Com informações e fotos do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Leia também:

Eleitores relatam dificuldade de acesso na página do TRE

O recadastramento biométrico para eleitores com mais de 70 anos é obrigatório?

Bahia atinge 1,5 milhão de eleitores biometrizados em 2017

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.