Acorda Cidade - Versão Mobile

Engenheiro agrônomo explica tecnologia do cultivo intensivo da palma

Ele abordou sobre as características da palma, bem como seus valores nutricionais e adaptação à região semiárida.
08/09/2017 16h17
Foto: Divulgação

Rachel Pinto

O engenheiro agrônomo Paulo Suassuna idealizador da tecnologia do cultivo intensivo da palma que tem amplo conhecimento referente ao plantio e o cultivo da palma forrageira fez uma palestra no stand do Sebrae no Parque de Exposições João Martins da Silva durante a 42ª Expofeira e explicou mais detalhes sobre a técnica de produção.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ele abordou sobre as características da palma, bem como seus valores nutricionais e adaptação à região semiárida. Segundo ele, com a fertilização, manejo de pragas, doenças e ervas invasoras, a palma pode chegar a atingir índices de produtividade de 10 a 12 vezes a mais comparadas ao sistema tradicional do cultivo.

“Hoje em dia não só o Brasil, mas no mundo todo, a palma se apresenta como a principal alternativa forrageira para os ambientes áridos e semiáridos do mundo. A vantagem de se usar a palma num a propriedade como fonte de forragem é que ela é adaptada ao seco e consegue sobreviver só com 150 mililitros de chuva. Devido às suas funçõe s orgânicas ela fornece para os animais uma quantidade de carboidratos por unidade de área e de água e em uma dieta animal ela entra como base concentrada de energia”, disse.

Paulo Suassuna acrescentou ainda que em uma dieta animal, além da palma que oferece carboidrato e palma, é necessário também alimentos a base de fibras e minerais.

Izailton Reis gerente regional do Sebrae destacou sobre o espaço do órgão no evento e as atividades oferecidas aos produtores rurais. Ele salientou que o Sebrae apoia o pequeno produtor do meio rural, busca promover negócios para o setor e também oferece capacitações.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Estamos fazendo capacitações, palestras e oficinas com assuntos que tem a ver com o meio rural e o desenvolvimento de negócios no campo. Temos também a cozinha show, com a participação de parceiros como Senac, Senar e Uefs. Nosso espaço é aberto para o produtor rural e para toda a comunidade, estudantes e visitantes em geral”, concluiu.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.