Acorda Cidade - Versão Mobile

Quadrilha que assaltava bancos em Salvador e RMS é desarticulada

Uma mulher era a primeira a entrar e rendia os vigilantes para que os comparsas dessem sequencia ao roubo
11/07/2017 18h48
Foto:  Polícia Civil

Acorda Cidade

Gabriele da Silva Santana, de 26 anos, e Evilásio Araújo de Souza, 23, foram presos, na segunda-feira (10), em cumprimento a mandados de prisão preventiva, solicitados pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). A dupla é, segundo a polícia, acusada de ser responsável por diversos assaltos a instituições financeiras ocorridos em Salvador e Região Metropolitana (RMS), neste ano.

O casal é apontado como autor dos roubos aos caixas eletrônicos e Tecban 24 horas instalados nas dependências de um dos campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba), localizado no Canela, na Companhia Baiana de Pesquisa de Mineração e Água Mineral (CBPM), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), na Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) e Supermercado Dia, esses últimos, em Simões Filho, na RMS.

Segundo o delegado Marcelo Sansão, diretor do Draco, Gabriele era parte fundamental da quadrilha. “Ela, sempre muito bem vestida e maquiada, não aparentava ser uma ameaça, por isso era a primeira a abordar os seguranças. Os demais comparsas vinham em seguida”, explicou o delegado, durante coletiva à imprensa, realizada na manhã desta terça-feira, no auditório da Polícia Civil, na Pituba.

Segundo Gabriele, as roupas usadas por ela nos assaltos eram compradas por outros integrantes da quadrilha e devolvidas após os crimes, para não levantar suspeita. Já a roupa utilizada por Evilásio em um dos assaltos foi encontrada junto aos seus pertences, quando os policiais cumpriam um mandado de busca e apreensão, na casa dele.

A dupla, que possui passagem pelo mesmo crime, e também por porte ilegal de arma, em Conceição do Jacuípe, já está à disposição da Justiça. “Ainda estamos à procura dos demais integrantes dessa quadrilha. Esses dois já foram presos e o Wagner Vieira dos Santos, de 26 anos, morreu em confronto com a Polícia Militar no dia do assalto ao Supermercado Dia, em 4 de junho”, concluiu Sansão.

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.