Acorda Cidade - Versão Mobile

Cidadania do feirense foi garantida na Micareta pela Defensoria Pública

Durante a Micareta, a Defensoria Pública trabalhou com plantão das 9h às 21h com uma equipe de três defensores no turno da manhã e quatro no turno da tarde e noite.
22/05/2017 11h25
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Rachel Pinto

A Defensoria Publica da Bahia teve um trabalho de destaque na Micareta 2017. Para garantir a cidadania das pessoas o órgão usou um ônibus dotado de gabinetes para fazer os atendimentos. O coordenador da Defensoria Marcelo Rocha explicou como foi a atuação do órgão. Segundo ele, este ano, a unidade móvel foi uma importante novidade e tem como aproximar a Defensoria Pública da população e da comunidade. Ele falou também sobre as ações da instituição e a integração com outros órgãos.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Esse equipamento móvel leva o defensor pra perto do povo para que ele viva a realidade e possa adotar de forma mais efetiva as providências que esse povo tanto precisa. Fizemos várias atuações volantes ao longo do circuito, visitando todas as instituições que também atuam no carnaval e na Micareta como Conselho Tutelar, Polícia Civil e Polícia Militar”, afirmou.

Para Marcelo Rocha, uma atuação interessante da Defensoria foi em relação aos ambulantes buscando identificar as demandas da categoria e fazer uma articulação com a prefeitura no sentido de humanizar o serviço e mediar as apreensões.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

"A gente sabe que o poder público tem que exercer o poder de polícia, mas que esse poder de polícia seja exercido de forma equilibrada, de forma humanizada para que se busque garantir o interesse público da fiscalização e também com a menor carga de gravosidade possível para o cidadão. Deve haver bom senso e sensibilidade por parte do poder público. A defensoria pública atua ativamente nesse sentido, para que os serviços públicos sejam ofertados da melhor forma possível”, acrescentou.

Durante a Micareta, a Defensoria Pública trabalhou com plantão das 9h às 21h com uma equipe de três defensores no turno da manhã e quatro no turno da tarde e noite.

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade.
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.