Acorda Cidade - Versão Mobile

Parceria entre a UPB, SSP e provedores baianos traz monitoria da segurança pública na Micareta

A parceria foi viabilizada por meio de um convênio entre as empresas e as instituições que, juntas, implantaram a fibra óptica responsável por direcionar o trabalho de monitoramento em temo real.
19/05/2017 15h48
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

Este ano, a Micareta de Feira 2017 conta com sistema de monitoria de segurança, que traz em tempo real a comunicação e as imagens do policiamento da festa para o Centro de Operações e Inteligência (COI), da Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado da Bahia (SSP), localizado em Salvador. Esta novidade foi possível graças a uma parceria, como prova de conceito, entre a União dos Municípios da Bahia (UPB), a SSP e as empresas de telecomunicações baianas IVI Telecom e TechNet. Esta iniciativa traz um ambiente mais seguro e tecnológico para a Micareta de Feira, que acontece até este domingo (21).

A parceria foi viabilizada por meio de um convênio entre as empresas e as instituições que, juntas, implantaram a fibra óptica responsável por direcionar o trabalho de monitoramento em temo real. De acordo com a SSP, foram instaladas mais de 10 câmeras nos portais da cidade tornando, não só o circuito, mas todo o seu entorno mais seguro.

“Essa solução vem a partir do espaço e apoio que encontramos na União dos Municípios da Bahia. Nós representamos os pequenos e médios provedores do estado e, através desse trabalho, estamos comprovando que existem soluções locais eficazes para solucionar problemas, neste caso inovar na segurança pública”, disseram Romildo Fernandes Lima Filho e Saulo Emerson, representantes da IVI Telecom e da TechNet, respectivamente. O segundo passo é apresentar soluções para as áreas de saúde e educação.

Esse é o projeto piloto que a UPB planeja implantar em outros municípios baianos, com diversas aplicabilidades. Neste caso, a UPB está disponibilizando um canal de dados de 20 gigabytes entre Salvador e Feira de Santana, para que a Secretaria de Segurança Pública possa fazer um trabalho ainda melhor e aparelhado tecnologicamente. “Nossa ideia é levar essa solução para outros municípios, em grandes festas populares. Também estamos estudando que outras aplicações que podemos fazer a partir do uso dessa tecnologia. Trabalhamos para estar na vanguarda das soluções que melhorem a vida dos municípios”, enfatizou o presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro.

A prova de conceito com a SSP foi viabilizada a partir da interlocução da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), por meio do superintendente Grinaldo Oliveira.
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.