Acorda Cidade - Versão Mobile

Eures Ribeiro toma posse no Conselho de Administração da FLEM

No mesmo dia, aconteceu a cerimônia de posse de Maria Quitéria Mendes, que é a nova presidente da Fundação Luis Eduardo Magalhães.
18/04/2017 10h17
Foto: Divulgação

O presidente da União dos Municípios da Bahia e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, tomou posse nesta segunda-feira (17), como membro do Conselho de Administração da Fundação Luís Eduardo Magalhães (CONAD). “Entendo a importância desse conselho e da instituição para os municípios baianos. A Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) é parceira da União dos Municípios da Bahia (UPB) e, como membro do conselho, quero desenvolver ações para estreitar ainda mais essa relação na luta pela melhoria do nosso estado”. No mesmo dia, aconteceu a cerimônia de posse de Maria Quitéria Mendes, que é a nova presidente da Fundação Luis Eduardo Magalhães. Quitéria foi presidente da UPB por quatro anos. Com um auditório lotado, o evento contou com a presença do vice-governador, João Leão, o deputado estadual Marcelo Nilo, federal, Caetano, entre outras autoridades. “Quitéria é uma entusiasta municipalista e está diante de um novo desafio. Tenho certeza que ela vai exercer com muita habilidade e dedicação, assim como fez nos quatro anos que esteve a frente da UPB”, disse Eures. O superintendente da UPB, Leonardo Minho, também foi empossado como suplente do presidente Eures. O Conselho de Administração, órgão deliberativo e de supervisão superior da FLEM, é composto por 13 membros, escolhidos entre pessoas de representatividade social e capacidade profissional, a frente de instituições públicas e privadas do estado. Presente à cerimonia, o vice-governador do Estado da Bahia, João Leão, disse que, através da UPB, quer convocar as prefeituras para uma grande parceria. “Contamos com a sua atuação nesta missão, Eures, porque sabemos do seu potencial e testemunhamos o trabalho que está sendo feito em Bom Jesus da Lapa”, disse.

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.