Acorda Cidade - Versão Mobile

‘Morte de jovem no bairro Sobradinho não tem relação com depoimento na delegacia’, afirma delegado

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).
17/04/2017 17h10
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Andrea Trindade

Um jovem de 19 anos foi assassinado a tiros por volta das 15h30 desta segunda-feira (17), na Rua General Costa e Silva, no bairro Sobradinho, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, Ítalo Thiago de Jesus dos Santos, o Billy, que residia no bairro Baraúnas, tinha saído da Delegacia de Homicídios (DH) quando foi surpreendido pelos autores dos disparos. O crime ocorreu cerca de 20 minutos após a vítima deixar a DH, onde estava prestando depoimentos à Polícia Civil.

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, titular da DH, Ítalo Thiago já esteve preso por tráfico de drogas e porte de arma de fogo. A vítima afirmou durante depoimento que pertence a uma facção criminosa, estava sendo ameaçada de morte há algum tempo e que evitava sair de casa porque poderia ser morto a qualquer momento ou local.

O delegado afirmou ainda que a morte do jovem não tinha nada a ver com o depoimento que ele prestou na delegacia. "Foi uma coincidência. Ele estava passando na rua perto de sua casa quando foi visto e assassinado pelos autores e não porque foi à delegacia", afirmou.
 

Ele foi baleado nas costas, tórax, mão direita, olho direito e cabeça. Até o momento, o atirador não foi identificado. O corpo de Ítalo Thiago foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Fotos: Aldo Matos/Acorda Cidade

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.