Acorda Cidade - Versão Mobile

Rui fala sobre medidas emergenciais e pede apoio da população para evitar racionamento de água

Até que a chuva volte a cair com volume nas bacias que abastecem as principais barragens da região, a contribuição da população, economizando água, foi solicitada pelo governador.
13/04/2017 09h24
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

Acorda Cidade

As chuvas que caíram em território baiano nos últimos dias não foram suficientes para melhorar a situação dos principais reservatórios de água que abastecem, principalmente, Salvador e Região Metropolina (RMS). Diante desse quadro, o governador Rui Costa, que visitou obras de saneamento e abastecimento de água em Salvador, na manhã de quarta-feira (12), falou sobre algumas ações que estão sendo realizadas para diminuir o risco de racionamento.

"Estamos fazendo obras emergenciais. Neste momento estamos perfurando 18 poços artesianos para reforçar o abastecimento e estamos também fazendo instalações de bombas com bóias flutuantes, a exemplo do que foi feito no período de crise hídrica em São Paulo, para buscar água mais longe nos reservatórios que já estão com nível abaixo do esperado", explicou o governador.

Até que a chuva volte a cair com volume nas bacias que abastecem as principais barragens da região, a contribuição da população, economizando água, foi solicitada pelo governador. "Todas as providências estão sendo tomadas, mas reforço que nada substitui a cooperação da população no uso diário da água. É preciso que todo mundo ajude para passarmos por esse momento difícil", concluiu.
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.