Acorda Cidade - Versão Mobile

Moradores reclamam de casas danificadas por conta de obras da Viabahia

A manifestação ocorreu em frente ao posto São Caetano.
20/03/2017 09h30
Foto: Lúcio Moura

Laiane Cruz

Moradores da região de Santo Estevão, na BR-116 sul, realizaram um protesto na manhã desta segunda-feira (20) contra a concessionária Viabahia, por conta das obras de duplicação da rodovia. Segundo eles, a passagem constante das máquinas pelo local e a execução das obras estão prejudicando a estrutura das casas, causando risco de desmoronamento.

A manifestação ocorreu em frente ao posto São Caetano. Os manifestantes utilizaram faixas e cartazes e inicialmente pensaram em queimar pneus na pista, mas desistiram de fechar a BR. O morador da região, identificado como Marinaldo, disse que os moradores estão apenas reivindicando seus direitos.

“Tem casas com rachaduras, que tremeu o telhado, o alicerce. As pessoas estão reivindicando pra serem ressarcidas pela Viabahia, só que há um descaso muito grande da empresa para ressarcir esses prejuízos. As pessoas precisam que os danos sejam reparados”, disse Marinaldo.

Outro manifestante, o comerciante Silvio afirmou que as colunas das casas estão danificadas e as famílias correndo perigo. “Nossas casas estão à mercê das rachaduras e as famílias estão sendo prejudicadas, por causa das máquinas que ficam fazendo o trajeto de obras. Nem sequer uma satisfação, uma reunião conosco eles fizeram. Mas o que eles não estão visando são vidas morando naquelas casas, que construímos como nossa dignidade”, desabafou.

As informações e fotos são do repórter Lúcio Moura da Rádio Sociedade de Feira.
 

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.