Acorda Cidade - Versão Mobile

Deputados estaduais que faltarem sessões vão ter 4% cortados do salário

O desconto no contracheque será estendido também aos membros titulares de comissões que não comparecerem às reuniões dos colegiados.
15/02/2017 10h49
Foto: Reprodução

Os deputados estaduais que faltarem às sessões no plenário da Assembleia Legislativa terão os salários cortados em 4%, percentual válido para cada ausência sem justificativa. O tamanho da punição aplicada aos faltosos foi definido ontem pela Mesa Diretora, depois que o novo presidente da Casa, Ângelo Coronel (PSD), anunciou a suspensão do reajuste de 15% na verba de gabinete destinada mensalmente para os parlamentares. O desconto no contracheque será estendido também aos membros titulares de comissões que não comparecerem às reuniões dos colegiados. Só escapará da pena quem estiver afastado por problemas de saúde, desde que comprovados em atestado médico, ou em missão parlamentar autorizada pela presidência da Assembleia. Em valores, cada falta vai significar cerca de R$ 1 mil a menos na remuneração atual dos deputados - R$ 25.322,25. Como haverá controle de presença por ponto eletrônico, ficará mais difícil romper o cerco. (Coluna Satélite)

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.