Acorda Cidade - Versão Mobile

Cinco pessoas são presas com mercadorias furtadas em um supermercado de Feira

todos foram enquadrados por formação de quadrilha e furto qualificado e encaminhados à Polícia Judiciária de Feira de Santana.
30/07/2012 16h19
Reprodução/PRF

Acorda Cidade

De sexta a domingo (27 a 29), a Polícia Rodoviária Federal fiscalizou 2.159 veículos e 1.937 pessoasDestas, 14 foram presas e encaminhadas à Polícia JudiciáriaDestacam-se as prisões de sete pessoas ocorridas em Candeias e Jequié por furto de carga.
 
A primeira prisão ocorreu no final da tarde de sexta-feira, no Km 592 da BR 324. Ao fiscalizar um GM/Celta com cinco ocupantes, PRFs de Simões Filho encontraram 12 máquinas fotográficas, 3 tablets, 15 roupas diversas, ainda com etiquetas, e 2 garrafas de whisky importados, lançados desordenadamente no fundo do veículo e sem nota fiscal. Ao questionar os responsáveis sobre as mercadorias, os policiais descobriram que elas tinham sido furtadas de um supermercado em Feira de Santana e estariam avaliadas em aproximadamente R$ 10.000,00. 
 
Constatado o fato, todos, inclusive o condutor, que alegou ser apenas motorista de transporte clandestino contratado e não ter participação direta no furto, foram enquadrados por formação de quadrilha e furto qualificado e encaminhados à Polícia Judiciária de Feira de Santana.
 
A outra prisão aconteceu no domingo quando PRFs da Delegacia de Jequié se deslocaram para atender a um acidente com vítima fatal, ocorrido no km 702 da BR 116. Quando chegaram ao local flagraram dois homens, naturais de Pernambuco, transferindo mercadorias do veículo acidentado para os seus respectivos veículos, caracterizando furto de carga. Foi dado voz de prisão aos acusados, sendo conduzidos com seus veículos e as mercadorias furtadas, para a Polícia Judiciária local, onde foi lavrado o Auto de prisão em flagrante

Whatsapp
Google+

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.